A tomada de decisão na Previdência Social: transpondo o uso das tecnologias de informação na Dataprev

Ana Cristina Meirelles Velho, Sandra Lucia Rebel Gomes

Resumo


Investiga-se o processo de produção de informações pela Dataprev, fortemente calcado no uso de tecnologias da informação, para subsidiar a tomada de decisão por gestores da Previdência Social. Partiu-se do pressuposto de que a tomada de decisão política não pode prescindir do controle das informações do campo sobre o qual a política vai atuar. Apresenta-se o quadro teórico da pesquisa e aponta-se que o mesmo é favorecido pelas contribuições da Ciência da Informação em um diálogo interdisciplinar com as áreas da Ciência Política, da Administração e da Ciência da Computação. Elegendo como campo empírico a Campanha de taxistas, mototaxistas e motoboys, realizada no âmbito do Programa de Educação Previdenciária – PEP/MPS, este estudo vale-se do modelo proposto por Kielgast e Hubbard, baseado em Taylor, para orientar o exame de atividades implicadas no processamento de informações: organização, análise, síntese e julgamento.  Os resultados da pesquisa permitem dimensionar a complexidade do processo de produção de informações pela Dataprev para o atendimento de demandas de informação e indicar aos profissionais de informação que ali trabalham pontos a serem reavaliados visando o seu aprimoramento. 

Palavras-chave


Informação para a tomada de decisão. Profissional da Informação. Tecnologias da Informação. Previdência Social. Dataprev.

Texto completo:

PDF



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783