Representações Sociais e Necessidade de Informação: um estudo no campo arquivístico da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Fellipe Sá Brasileiro, Regina Lígia Wanderlei de Azevedo, Gustavo Henrique de Araújo Freire

Resumo


Analisa as representações sociais dos servidores Universidade Federal da Paraíba (UFPB) acerca das necessidades de informação inerentes ao processo de gestão de documentos com o foco de evidenciar as formas comunicativas que influenciam a formação dessas necessidades no contexto específico e, concomitantemente, as possíveis ações de informação e comunicação a serem planejadas. Utiliza como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada aplicada aos servidores lotados nos diferentes setores da UFPB, totalizando 22 participantes selecionados por conveniência. Observa que o entendimento dos servidores acerca de suas necessidades de informação é construído a partir da interação com o contexto. As representações sociais das necessidades de informação estão direcionadas para as orientações que visam torna-los competentes frente às demandas do processo de gestão de documentos e para o ajuste das barreiras que impedem a boa articulação do ciclo vital dos documentos. Observa-se ainda, que ao considerar a web como meio de comunicação, as necessidades de informação acerca da utilização de um website institucional estão representadas pela relevância e atualização do conteúdo informativo disposto e pela adequação dos sistemas da arquitetura da informação. Conclui que as relações dos servidores com o contexto da UFPB edificam as condutas de opinião sobre as necessidades de informação, especificamente por meio da difusão, propagação e propaganda, agindo sob os processos sociocognitivos que transformam a informação em conhecimento socialmente elaborado e partilhado em realidade comum.

Palavras-chave


Necessidades de Informação; Representações Sociais; Comunicação Social; Ciência da Informação.

Texto completo:

PDF



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783