Técnicas de Elicitação de Conhecimento Tácito Coletivo: um estudo de caso aplicado a uma Empresa do Ramo Metalúrgico

Claudio R. Rosário, Liane Mahlmann Kipper, Rejane Frozza

Resumo


O presente trabalho apresenta a teoria e a aplicação de algumas técnicas de elicitação de conhecimento tácito adaptadas à realidade da empresa estudada para explicitar o conhecimento de um grupo de mecânicos de produção de uma empresa metalúrgica do ramo de embalagens metálicas. Após a elicitação dos conhecimentos, os mesmos foram representados em forma de regras de produção (algoritmos simbólicos) elaboradas para auxiliar na forma de identificação de causas de defeitos no processo produtivo. Para estruturar a pesquisa e sequência lógica da aplicação das técnicas de elicitação de conhecimento, foi utilizada a técnica da Sistemografia, que preconiza o pensamento sistêmico como forma de observação de fenômenos complexos e modelagem de objetos nas organizações. Destaca-se que a metodologia de elicitação de conhecimento tácito coletivo obteve êxito, pois a partir desta aplicação, foram elaboradas 76 regras de produção para o processo de soldagem da embalagem e 65 regras de produção para o processo de aplicação de vedante, totalizando 141 regras de produção. Estas regras de produção configuram em uma base de conhecimento explícito, o que antes não existia na organização.

Palavras-chave


Aquisição de conhecimento, Conhecimento tácito e explícito, Técnicas de elicitação do conhecimento

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783