Cartadas do jogo informacional : a perspectiva dual da informação como matriz do mundo sistêmico e do mundo vivido

Jose Washington de Morais Medeiros, Marli Batista Fidelis

Resumo


Nesta fase da modernidade, a informação é determinante para a inovação da ciência e da tecnologia na chamada sociedade do conhecimento. A globalização tem agregado à informação uma diversidade de fatores, que facilitam a geração, a disseminação e o uso de conteúdos. No entanto, com as crises das metanarrativas, as ciências empíricas, como a Arquivologia, têm sido conduzidas a repensar seus fundamentos, desvelando as contradições com que a informação se configura diante dos domínios do mundo sistêmico sobre o mundo vivido. Este trabalho busca entender a perspectiva dual da informação, no contexto da teoria da sociedade habermasiana, dimensionada pelo mundo sistêmico e pelo mundo vivido. Trata-se de uma pesquisa teórica, subsidiada pelo método hermenêutico e pela abordagem qualitativa. Situando a discussão na Arquivologia, discute a missão dos arquivos como célula do mundo vivido e, ao mesmo tempo, sua condição como mecanismo de controle/poder sistêmico. Destaca a contribuição teórica de Habermas para redimensionar o estudo da informação em arquivo, chamando a atenção para a responsabilidade social intrínseca do arquivo como esfera pública, difusor cultural e espaço de ações educativas, muito além de sua condição burocratizante, instituída pela própria mecanicidade dos interesses administrativos da racionalidade instrumental.

Palavras-chave


Informação; Jürgen Habermas; Mundo sistêmico; Mundo vivido; Arquivologia

Texto completo:

PDF



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783