A Cúpula Mundial sobre a sociedade da informação - CMSI: foco nas políticas de informação

Lilian Emanueli Marques, Marta Macedo Kerr Pinheiro

Resumo


O presente artigo relata a pesquisa que, por objetivo, buscou conhecer a Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação-CMSI, saber sua origem, seus propósitos e qual seu atual cenário, considerados os sete anos desde seu acontecimento (ocorrido em duas fases, Genebra/2003 e Túnis/2005) e a proximidade de 2015, ano estabelecido como prazo final para o cumprimento de suas metas, acordadas internacionalmente. O conjunto de metas foi compreendido como um subdomínio das políticas de informação Objetivou-se ainda investigar qual tipo de avaliação possibilitaria aferir os resultados obtidos. Como método, realizou-se uma pesquisa bibliográfica e documental, cujos procedimentos foram: o monitoramento da base de dados da Cúpula, a WSIS Stocktaking Platform e a análise de duas das onze linhas de ação descritas no Plano de Ação de Genebra um dos seus quatro documentos finais. Os conceitos de política de informação, de indicadores sociais, de inclusão digital e de competência informacional nortearam a análise dos dados. Concluiu-se que indicadores/dados estatísticos de inclusão digital auxiliam no processo de mensuração e investigação dos resultados da CMSI, assim como auxiliam no processo de estabelecimento de políticas de informação que atendam às demandas da Sociedade da Informação. Concluiu-se também que a CMSI, embora tenha contado com a participação de mais de 170 países, e tenha empreendido grande esforço e investimento financeiro, ainda não atingiu as metas estabelecidas.

Palavras-chave


Cúpula Mundial; Políticas de Informação; Sociedade da Informação; CMSI; WSIS; Inclusão Digital; Indicadores de Inclusão Digital; Competência Informacional

Texto completo:

PDF



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783