Redes de mobilização social: as práticas informacionais do Greenpeace

Valdir José Morigi, Luciana Monteiro Krebs

Resumo


Reflete sobre as práticas informacionais da organização não-governamental Greenpeace a partir da análise das informações veiculadas no seu site. Identifica as estratégias de comunicação utilizadas pela organização e as formas de mediação da informação ambiental, o seu papel na construção da sensibilização da consciência ambiental. A difusão das informações em rede é um fator importante no processo de construção de ações conscientes em relação à sustentabilidade e os cuidados com o meio ambiente. Conclui-se que a mediação das informações em rede auxilia as ações da ONG e o seu ativismo político, possibilitando a mobilização e a construção de redes sociais voltadas a questões ecológicas.

Palavras-chave


Práticas Informacionais. Greenpeace. Meio Ambiente. Redes Sociais

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783