Elementos tecnológicos de edição, manipulação e uso dos livros digitais

Wagner Junqueira Araújo, Robéria de Lourdes de Vasconcelos Andrade, Fabíola Mota de Moraes, Janiele Lopes dos Santos

Resumo


A Amazon.com anunciou em julho de 2010 que pela primeira vez a venda de livros digitais ultrapassou a de livros impressos. Este crescimento vertiginoso na adoção desta nova modalidade de livro suscita dúvidas entre os profissionais de Biblioteconomia. O objetivo deste artigo é desenvolver uma revisão de literatura que auxilie a esclarecer o que é o livro digital, descrevendo a história, os formatos, o surgimento dos dispositivos de leitura, e refletir sobre suas vantagens e desvantagens. Discute-se a postura do profissional de Biblioteconomia diante das mudanças e desafios do livro digital, e questiona-se o fim do livro de papel. O método aplicado foi bibliográfico, a revisão de literatura compreendeu pesquisa em periódicos científicos nacionais e internacionais na área de Ciência da Informação, além da consulta em livros, blogs, portais e sites na Internet. Conclui-se que os modelos de livro impresso e eletrônico coexistirão. Ficou evidenciado que está surgindo uma oportunidade de expansão para publicações de alguns tipos de livros. Neste contexto o Profissional da Informação deve encarar as inovações tecnológicas com naturalidade, atento as oportunidades que os novos suportes podem propiciar, ressaltando a importância da informação diante do suporte que a transmite.

Palavras-chave


Tecnologia da Informação; Livro digital; Sociedade do conhecimento; Profissional da Informação.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783