Gestão do conhecimento em empresa internacional de energia

Lydia Maria Pinto Brito, Alcêdo Pinheiro Galvão, Patrícia Whebber Souza de Oliveira

Resumo


Gerir o conhecimento organizacional é demanda fundamental das organizações contemporâneas. Para uma empresa de economia mista internacional existe um desafio maior que é apresentar resultados empresariais no curto e médio prazo que permitam manter os níveis de excelência na prestação de serviços num cenário de alta complexidade e garantir sua expansão atual e futura no mercado e sociedade. A empresa estudada é a maior empresa do Brasil e 8ª do mundo em valor de mercado, e está presente em 28 países. Situação que exige a busca contínua de aprendizagem organizacional, saberes de ponta e soluções inovadoras para os desafios emergentes no processo de gestão. O objetivo geral deste estudo é analisar a percepção dos gestores, supervisores e compradores do setor de contratação de bens de uma empresa internacional de energia sobre a gestão do conhecimento na organização. Sua principal referência é o modelo de avaliação de Bukowitz e Williams (2002). A metodologia de natureza quantitativa caracteriza-se com relação: aos fins como descritiva, e aos procedimentos como estudo de caso. A média geral obtida com a pesquisa foi de 68%, valor correlato com o padrão proposto, que caracteriza como aceitáveis valores entre 30 a 70%. Assim, a análise dos dados indica que na percepção dos sujeitos pesquisados, a organização já tem implantada formalmente a Gestão do Conhecimento tanto no nível tático como estratégico, entretanto, pelo porte da empresa, necessita melhorar na área estudada.

Palavras-chave


Conhecimento. Conhecimento Organizacional.Gestão do Conhecimento.

Texto completo:

PDF



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783