ANÁLISE MEDIACIONAL: uma contribuição da Ciência da Informação para o mercado de capitais

Roberto Brito de Carvalho, Fernando Mattos

Resumo


Discute uma nova possibilidade de análise de investimentos complementar às existentes, orientado sob o foco das informações estratégicas como diferencial competitivo no mercado financeiro, à luz do entendimento da Ciência da Informação. Inicia-se com uma discussão sobre a própria área em questão, transcendendo os limites mais ortodoxos, vinculados a sua origem como a Biblioteconomia, Museoconomia, Documentação e Arquivística, caminhando para uma discussão pós-moderna e multidisciplinar no que se refere ao entendimento das atribuições da Ciência da Informação. Faz-se necessária uma síntese sobre o entendimento do sistema financeiro para que se possa focar o objeto de estudo: mediação da informação. O estudo parte da identificação das oscilações diárias mais significativas (entenda-se, oscilações superiores ao percentual de 5% - positiva ou negativa) ocorridas na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) no período julho/1994 a outubro/2006, das ações da Petrobrás S. A. e do índice IBOVESPA. Baseado nos dados quantitativos e numa busca qualitativa através de uma pesquisa documental, busca-se a origem de informações responsáveis pelos efeitos financeiros, compilando-as e organizando-as numa base de dados que possa permitir o desenvolvimento do conceito de análise mediacional, proposto no trabalho.

Palavras-chave


Ciência da Informação; Mercado de capitais; Informações Estratégicas; Assimetrias de Informação; Mediação da Informação; Análise Mediacional

Texto completo:

PDF



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783